O gato subiu no telhado: piada cl√°ssica

“Um casal dedicava especial atenção e carinho a um gato de estimação. Quando fizeram uma longa viagem de férias, deixaram o gato sob os cuidados da empregada. Após alguns dias, a madame ligou e perguntou sobre como estava o gato.

A empregada, ent√£o, respondeu:

‚Äď Seu gato morreu.

A madame, nervosa e desesperada, entrou em p√Ęnico. O marido, tamb√©m chocado, repreendeu a empregada, dizendo-lhe que deveria ter sido mais cuidadosa e sens√≠vel ao dar a not√≠cia. Ele a instruiu sobre uma forma mais sutil de transmitir tais acontecimentos:

‚ÄĒ Voc√™ poderia come√ßar dizendo “o gato subiu no telhado”. Depois diria que ele se desequilibrou. Em seguida, que caiu do telhado e acabou n√£o resistindo √† queda. Seria mais sens√≠vel.

Semanas depois, estando ainda de férias, a madame ligou novamente para a empregada e perguntou-lhe se tudo estava bem. A empregada, cuidadosamente, respondeu-lhe:

‚ÄĒ As coisas est√£o indo muito bem, mas sua m√£e subiu no telhado‚Ķ‚ÄĚ